CUIDADOS // FAZENDO A BARBA COM O BARBEIRO OFICIAL DA SELEÇÃO

Fala galera! Tudo certo? O role de hoje foi um tanto quanto inusitado. A galera da Gillette me chamou pra bater um papo com o jogador Lucas (que eu vou contar em um outro post), e conhecer a "barbearia" que eles montaram pra receber a galera no evento, e claro, não pude deixar de trocar uma ideia com o barbeiro oficial da seleção e saber um pouco mais sobre os jeitos mais fáceis de barbear.



Confesso pra vocês que eu nunca tinha entrado em uma barbearia, mas pelo que eu tenho pesquisado sobre, o espaço que eu conheci hoje, consegue nos dar uma boa noção de como as coisas funcionam por lá. Começando com a cadeira super tradicional com uma pegada vintage, que geralmente vemos em filmes mais antigos.
 

Não tem segredo, e a maior dica foi: preparar MUITO bem a pele com um pré-barba pra receber a lâmina. Isso faz muita diferença durante o barbear, e depois do barbear, finalizar com um pós-barba, que ajuda a suavizar os efeitos do barbear, como irritações e alergias.


Eu não tenho a mesma sorte (ou azar, ainda não consegui descobri), e não tenho muita barba, então só pedi pra ele dar uma aparada no bigode, nos bochecas e fazer o contorno do cavanhaque, que eu aderi e não pretendo abrir mão tão cedo!

Enquanto fazia isso, eu e o Gui resolvemos esclarecer uma coisa que muitos de vocês sempre perguntam: Quem tem espinha pode cuidar da barba do mesmo jeito que os caras que não tem? Ele explicou pra gente que quem sofre desse mal (o que não é o nosso caso, uffffa), pode sim cuidar da barba normalmente, mas claro, sem forçar muito o aparelho de barbear pra não causar aqueles machucadinhos insuportáveis.

Demais né?! No próximo post eu conto pra vocês do papo que tivemos com o Lucas! :)

Fotos: Gui Marques


Share to Facebook
1
Comente pelo Facebook
1 Comente pelo Blogger

1 comentários: