SPFW | Resumo do 4º Dia

timthumb

Alexandre Herchcovitch


1alexandre

Quem estava esperando de Herchcovitch um verão multicolorido, quebrou a cara, literalmente. Ele apresentou uma coleção nada comercial e um tanto quanto sombria. Uma coleção que provoca e difere de todas as outras apresentadas anteriormente por outras marcas. O desfile começou com estampas de riscas de giz que foi evoluindo e desenrolando até dar forma a uma lida estampa que lembrava uma estampa de zebra.

Cores: Preto, branco e roxo

Juliana Jabour


3juliana

Com essa coleção, ficou claro que foi uma fase de transição tanto pra marca, quanto pras suas clientes. Juliana Jabour mostrou uma mulher mais madura, que agora veste formas mais definidas e mais sobreas, que gosta de coisas mais modernosas.

Osklen


4osklen

A assimetria esteve presente na nova coleção da Osklen também, que apresentou uma coleção sofisticada, colorida e com cortes modernos. Cores fortes e um tropicalismo de "luxo" casaram muito bem com tecidos rígidos.

Cores: Verde, laranja, amarelo, azul e vermelho que vêm das pedras preciosas e semipreciosas. Cores que vêm das pedras brutas, como cinza, areia e preto.

Samuel Cirnansck


5samuel

Ficou mais do que evidente que Samuel se inspirou em flores. As camadas, os cortes e a beleza das modelos davam a impressão de que se desmontariam a qualquer momento na passarela. Com uma cartela bem diversificada, Samuel conseguiu deixar claro suas inspirações, que foram “Da Indonésia, a febre das flores; da Holanda, o perfume das flores”.

Cores: Branco, amarelinho, rosas, fúcsia, dourado velho

Colcci


6colcci

A Colcci apresentou uma coleção muito variada, tanto nas cores quanto nos tecidos. Formas geométricas, florais, tecidos rígidos e soltinhos, usados juntos, resultaram em uma coleção completamente comercial e muito inteligente.
Share to Facebook
0
Comente pelo Facebook
0 Comente pelo Blogger

0 comentários:

Postar um comentário